1º Ciclo de infância – Módulo II
– O Cristianismo

Sinopse

Objetivo Geral do Módulo:
Conhecer o decálogo e os fatos históricos que antecederam e prepararam a vinda de Jesus; compreender o cristianismo como revelação do amor; destacar no espiritismo a missão de desenvolver, esclarecer e explicar os ensinos do cristo.

Duração Provável:
09 aulas

Faixa Etária:
07 a 08 anos

I Unidade – Antecedentes históricos

1ª Aula – A vida de Moisés
2ª Aula – Moisés e o decálogo

II Unidade – Jesus e sua doutrina

3ª Aula – A vida de Jesus
4ª Aula – A missão de Jesus
5ª Aula – As curas de Jesus

III Unidade – Jesus e Kardec

6ª Aula – O cristianismo e o espiritismo
7ª Aula – A importância da ação evangelizadora
8ª Aula – O livro espírita
9ª Aula – Amor ao estudo

 

Disponível para download em: http://www.dij.febnet.org.br/evangelizador/banco-de-aulas/1o-ciclo-de-infancia-modulo-ii-o-cristianismo/

—–*—–*—–*—–*—–

Objetivos e Ideias básicas das aulas

I Unidade – Antecedentes históricos

1ª Aula – A vida de Moisés

  1. Citar fatos da vida de Moisés.
  2. Descrever Moisés como libertador do povo hebreu.

* “Principais fatos da vida de Moisés:
– sua infância; e
– sua posição de orientador e chefe do povo judeu (…).” (1)
* Moisés nasceu quando o povo hebreu vivia escravizado no Egito.
* Por ordem do Faraó, rei dos egípcios, todos os filhos homens dos hebreus deveriam ser eliminados ao nascer.
* Para escapar da morte certa, Moisés foi colocado pela mãe num cesto de vime e posto nas águas mansas do Rio Nilo, foi achado e recolhido pela princesa, filha do faraó, que costumava banhar-se no local onde propositadamente foi deixado o cesto.
* Moisés, sob a proteção da princesa, foi educado no Palácio Real, onde aprendeu a sabedoria egípcia.
* No momento aprazado, Moisés, após muitas dificuldades, inicia a retirada do povo hebreu do Egito, sob o comando e orientação espirituais.

2ª Aula – Moisés e o decálogo

  1. Conhecer algumas passagens da viagem do povo hebreu pelo deserto. 
  2. Citar alguns dos Dez Mandamentos

* No monte Sinai, Moisés recebe o Decálogo, também chamado de As Tábuas da Lei ou Dez Mandamentos.
* Os Dez Mandamentos encerram grandes lições e são atuais até os nossos dias.
* “(…) Quanto às leis de Moisés propriamente ditas, ele, ao contrário, as modificou profundamente, quer na substância, quer na forma. Combatendo constantemente o
abuso das práticas exteriores e as falsas interpretações, por mais radical reforma não podia fazê-las passar, do que as reduzindo a esta única prescrição: ‘Amar a Deus
acima de todas as coisas e ao próximo como a si mesmo’, e acrescentando: aí estão a lei toda e os profetas.” (2)

II Unidade – Jesus e sua doutrina

3ª Aula – A vida de Jesus

  1. Citar os principais fatos do nascimento e da infância de Jesus.
  2. Enumerar os comportamentos de Jesus no lar e na convivência com os outros meninos.

* Em Nazaré, viviam Maria e José, os pais de Jesus.
* Jesus nasceu em Belém, em uma gruta utilizada para abrigar os animais.
* O nascimento de Jesus foi anunciado por uma estrela aos pastores que se encontravam no campo naquela noite.
* Mais tarde, três magos o visitaram, igualmente guiados pela estrela.
* Jesus cresceu em Nazaré, ele trabalhava na carpintaria com José e auxiliava Maria nas tarefas do lar.
* Aos doze anos, Maria e José o levaram a Jerusalém para a celebração das festas religiosas.

4ª Aula – A missão de Jesus

  1. Dizer qual a missão de Jesus na Terra.
  2. Citar o nome de alguns apóstolos de Jesus.

* “Jesus não veio destruir a lei, isto é, a lei de Deus; veio cumpri-la, isto é, desenvolvê-la, dar-lhe o verdadeiro sentido e adaptá-la ao grau de adiantamento dos homens. Por isso, é que se nos depara, nessa lei, o princípio dos deveres para com Deus e para com o
próximo, base da sua doutrina.” (2)

* Quando Jesus atingiu a idade adulta, iniciou sua pregação. Ele veio à Terra para ensinar a Lei do Amor.
* Para auxiliar na missão de edificar o Reino de Deus nos corações dos homens, Jesus formou um grupo de doze seguidores, seus apóstolos: Simão Pedro, André, Tiago Maior e João, Filipe, Bartolomeu, Tomé, Mateus (Levi), Tiago Menor, Tadeu (Judas Tadeu), Judas
Iscariotes e Simão, o Zelote. (MATEUS, 10:2-4)

5ª Aula – As curas de Jesus

  1. Destacar a importância do ensino dado por Jesus por meio das curas.
  2. Citar algumas das curas realizadas por Jesus.

* “Jesus chamou a atenção do povo daquela época para
os seus ensinamentos, através das curas que realizou.
Destacar as curas do cego de Jericó ( João, 9: 1-
34); do paralítico de Cafarnaum (Mateus, 9: 1-8); do
homem da mão ressequida (Marcos, 3: 1-8); da filha
de Jairo (Mateus, 9: 18-19, 23-26 e Marcos 5: 21-24,
35-43).” (1)
* Jesus demonstrou através das curas a necessidade
do amor a Deus e a confiança no seu poder e vontade.

III Unidade – Jesus e Kardec

6ª Aula – O cristianismo e o espiritismo

  1. Dizer o que é Cristianismo.
  2. Dizer o que é Espiritismo.
  3. Analisar a progressividade das revelações divinas.
  4. Citar qual é a relação existente entre o Cristianismo e o Espiritismo.

* “O Espiritismo diz: ‘Não venho destruir a lei cristã, mas dar-lhe execução’. Nada ensina em contrário ao que ensinou o Cristo; mas, desenvolve, completa e explica, em termos claros e para toda gente, o que foi dito apenas sob forma alegórica.” (2)
* ‘’Ele é, pois, obra do Cristo que preside, conforme igualmente o anunciou, à regeneração que se opera e prepara o reino de Deus na Terra.’’ (2)

7ª Aula – A importância da ação evangelizadora

  1. Dizer em que consiste a ação evangelizadora.
  2. Citar formas de promover a evan-gelização.
  3. Dizer de que maneira podemos construir um mundo mais evangelizado.

* “A passagem de Jesus pela Terra foi fundamental para trazer aos homens os códigos de moral que nos auxiliam a viver em sociedade, combatendo a violência e o egoísmo.
* A lei de amor é o grande legado de Jesus para a Humanidade, demonstrando-nos como viver em paz.
* Quando as leis dos homens tiverem como base os ensinos do Cristo e quando as colocarmos em prática, estará estabelecido o Reino de Deus na Terra.” (1)

8ª Aula – O livro espírita

  1. Dizer qual a importância do estudo no processo de evangelização dos homens.
  2. Enumerar as características de um bom livro.
  3. Dizer quais os benefícios que o livro espírita pode nos trazer.
  4. Dizer como devemos escolher os livros destinados ao estudo e aqueles destinados ao lazer.

* O livro espírita abre caminhos, liberta, consola, ensina, enfim, nos faz parar e refletir sobre os acontecimentos da vida, levando-nos a um maior entendimento das coisas.
* “O estudo não é somente aquele que fazemos na escola. Estudamos quando lemos bons livros, quando ouvimos histórias que trazem lições morais e quando observamos os bons exemplos trazidos pelos nossos pais e professores.
* Deus nos deu a capacidade de aprender e, desde pequenos, podemos cultivar o hábito de leitura que educa e engrandece o espírito.” (1)

9ª Aula – Amor ao estudo

  1. Dizer qual a melhoria material e espiritual que adquirimos com o estudo.
  2. Falar sobre a necessidade do estudo.
  3. Falar sobre a importância e o valor dos professores e colegas

* “Estamos na Terra para aprender. Deus nos oferece inúmeras oportunidades, durante a reencarnação. Em nenhum momento da nossa existência podemos desprezar a oportunidade de estudo e aprendizado.” (1)
* Estudamos quando lemos bons livros, quando observamos os bons exemplos trazidos por nossos pais e professores.
* O estudo possibilita à criatura o progresso. É graças ao estudo que se dilata nosso conhecimento.

 

Bibliografia:

1. ROCHA, Cecília & equipe. Currículo para Escola de Evangelização Espírita infanto-juvenil. 3. ed. Rio de Janeiro: FEB,
2006.
2. KARDEC, Allan. Não vim destruir a lei. O Evangelho segundo o Espiritismo. Tradução de Guillon Ribeiro. 124. ed. Rio de
Janeiro: FEB, 2005. Cap. I, itens 3, 5 a 7.
3. ______. Os milagres do evangelho. A Gênese. Tradução de Guillon Ribeiro. 48. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2005. Cap. XV,
item 11.
4.CAMARGO, Pedro de ( VINÍCIUS). Em torno do Mestre. 8. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2002. Pg. 304.
5.XAVIER, Francisco Cândido. Pai Nosso. Pelo Espírito Meimei. 27. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2006. Pg. 47.
6. ______. Pão Nosso. Pelo Espírito Emmanuel. 27. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2006. Cap. 65

 

Anúncios